Comportas da Hidrelétrica de Xingó poderão ser abertas nos próximos dias


- 25 de janeiro de 2016 | - 7:00 - - Home » »

As chuvas freqüentes nas regiões de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, que estão elevando o nível do Rio São Francisco – decorrente dos rios afluentes das margens esquerda e direita do ‘Velho Chico’ – poderão acarretar na decisão da CHESF em abrir as comportas da Hidrelétrica de Xingó, localizada no município de Piranhas (AL).

hidreletrica_xingo_01_maissertao

Imagem: Constran

Na última segunda-feira, 18 de janeiro, em Brasília – através de uma teleconferência para os diversos estados inseridos na bacia Hidrográfica do rio São Francisco – os representantes da Agência Nacional de Águas (ANA) discutiram o controle da vazão de sobradinho e as conseqüências da situação hidrometeorológica.

O presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Anivaldo Miranda, que participou da teleconferência a partir da sede do colegiado, em Maceió (AL), ponderou sobre uma possível redução de Sobradinho – proposta pela ANA, que gera impacto negativo para a sobrevivência do rio, e a CHESF apresentou análise do volume morto de Sobradinho enfocando a posse da descarga de fundo da referida barragem.

Ficou definida uma segunda reunião para a próxima segunda-feira, dia 25 de janeiro, a partir de 10h pelo horário de Brasília, para discutir detalhadamente as posições a serem tomadas.

Diante do quadro atual, é provável que a CHESF abra as comportas da Hidrelétrica Xingó, independentemente da situação de Sobradinho – por conta do volume de água que vem aumentando naquela região -, visto que a de Xingó está recebendo, também, muita água dos afluentes dos estados de Pernambuco e Alagoas.

Fonte: Engenho de Notícias

Por: Daniel Rezende
Estudante de Comunicação Social - Jornalismo; Habilitado como Jornalista com DRT/SE 2.049; Sócio e Repórter do Mais Sertão; Apresentador e Repórter da Xodó FM.
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!