Chelsea ganha o quádruplo do Palmeiras e investiu R$ 1,5 bi em atletas


- 12 de fevereiro de 2022 | - 8:28 - - Home » » »

Rivais em campo na final do Mundial de Clubes, Chelsea e Palmeiras têm um abismo entre eles em termos financeiros. O clube londrino teve uma receita na última temporada que representa quase quatro vezes a palmeirense. Só o investimento em contratações dos ingleses já supera com vantagem toda a renda da equipe brasileira.

Essa disparidade é uma tônica do Mundial de Clubes. Na última final entre ingleses e brasileiros, o Liverpool também tinha uma disparidade financeira similar para o Flamengo. É justamente esse fator que torna um feito ganhar a final contra um adversário europeu.

No velho continente, a temporada se inicia e termina no meio do ano, portanto, a última conta do Chelsea disponível é de 2020/2021. O clube informou ter obtido uma renda de 434 milhões de libras (R$ 3,065 bilhões) nesta temporada. No comunicado, o clube ressalta que teria batido o patamar de 500 milhões de libras se não fosse o impacto da pandemia de Covid-19. Detalhe: é apenas a quarta receita entre os times ingleses, atrás do United, City e Liverpool.

Houve um aumento significativo nas receitas de TV por conta de pagamentos atrasados da Premier League e do título da Champions League. No total, o clube arrecadou R$ 1,9 bilhão com esse item. Em compensação, a pandemia reduziu ganhos com bilheteria e comercial (patrocínios e licenciamento).

Mesmo com essa receita, o Chelsea não evitou um prejuízo de 153 milhões de libras (R$ 1,082 bilhão). Por que? O clube londrino foi um dos poucos europeus que não tirou o pé do acelerador em gastos com contratações mesmo com a pandemia. 

Em seu comunicado, o Chelsea afirmou que no total investiu 220 milhões de libras esterlinas (R$ 1,5 bilhão) em contratações só nesta temporada. Quem pagou para cobrir o buraco foi o dono Roman Abramovich.

“Neste período nós continuamos a receber o compromisso e apoio total do dono por todo o negócio permitindo que nós continuemos a investir no nosso elenco durante o período. Isso, claro, enquanto trabalhamos dentro da regulação e os limites nos quais nós temos que operar”, afirmou o chairman do Chelsea Bruce Buck, no site do clube.

O clube londrino afirma que está dentro das regras de Fair Play Financeiro da UEFA. Já houve punições ao Chelsea pela Fifa por assinar com jogadores abaixo de 18 anos. E há constantemente questionamentos se o time está dentro dos limites financeiros impostos pela UEFA…. – Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/futebol/colunas/rodrigo-mattos/2022/02/12/chelsea-ganha-o-quadruplo-do-palmeiras-e-investiu-r-15-bi-em-atletas.htm?cmpid=copiaecola

por UOL

Por: Redação Mais Sertão
Portal de notícias fundado em 2015 a partir do até então 'Portal Mais Glória'. Somos coordenados por uma equipe de jornalistas comprometidos com a imparcialidade e exibição de notícias em tempo real.
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!