PS4 pode ficar mais caro no país, diz chefe da PlayStation Brasil


- 9 de outubro de 2015 | - 6:48 - - Home »

O PlayStation 4 pode ficar mais caro no Brasil caso a situação do dólar não se estabilize, assim como já aconteceu com o Xbox One. A afirmação partiu do próprio chefe da PlayStation no Brasil, Anderson Gracias, em entrevista exclusiva para o TechTudo durante a feira Brasil Game Show 2015 (BGS), nesta sexta-feira (9).

Segundo o executivo, não há previsões de aumento, tanto do PS4 quanto dos jogos, porém, não dá para descartar a possibilidade. “Neste momento, nós não temos nenhum plano de reajuste. Por outro lado, o dólar manda nos preços hoje no Brasil. Então, mesmo brigando para manter os preços, estamos correndo o risco”, conta Gracias.

Saiba como retirar o faceplate do seu PS4 (Foto: Matheus Vasconcellos) (Foto: Saiba como retirar o faceplate do seu PS4 (Foto: Matheus Vasconcellos))
Apesar de agora a fabricação do console ocorrer no país, os componentes são importados, por isso situação da moeda americana pode afetar o preço de venda do produto por aqui. O valor atual do PlayStation 4 é de R$ 2.599.

Gracias comentou também sobre a parceria com desenvolvedores brasileiros. “Esse projeto vai continuar a mil por hora. Estamos sempre dando espaço para os desenvolvedores, apresentando projetos, tanto na E3 como na Brasil Game Show. É o nosso foco e está no nosso DNA. ”, completa o executivo.

A PlayStation também está aberta à criação de consoles personalizados e bundles. “Com a fabricação brasileira, existem diversas possibilidades e nós estamos estudando todas”, finalizou Gracias.

Anderson Gracias, chefe da PlayStation Brasil, afirmou que o preço do PS4 pode subir por causa do dólar (Foto: Elusa Costa/TechTudo)
Anderson Gracias, chefe da PlayStation Brasil, afirmou que o preço do PS4 pode subir por causa do dólar (Foto: Elusa Costa/TechTudo)

Quanto à expectativa da vinda dos óculos de realidade virtual, o PlayStation VR, ainda não há data para venda no Brasil. Já a assinatura da PlayStation Plus está em processo para aceitar mais cartões e resolver o problema de conflito que às vezes acontece durante a compra.

Techtudo

Por: Mateus Santos
Atualmente na redação do Portal Mais Sertão de Nossa Senhora da Glória. Natural de Itabaiana, apaixonado por tecnologia, mídias e redes sociais.
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!