Prefeitura de Glória atende pedido do Sindiserve e paga piso dos agentes de combate às endemias


- 8 de setembro de 2020 | - 4:34 - - Home » » »

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Nossa Senhora da Glória (Sindiserve Glória) reivindicou o pagamento do piso salarial dos agentes de combate às endemias. O pedido foi atendido pelo prefeito Chico do Correio, na última quinta-feira (3), que sancionou a Lei Municipal nº 1072, regulamentando o piso nacional da categoria no valor R$ 1.400,00 reais.

Os agentes de combate às endemias desenvolvem um serviço essencial à comunidade, na prevenção e combate às doenças epidemiológicas, a exemplo do combate à dengue.

O piso salarial desses servidores é um direito regulamentado pela Lei Federal nº 13.708/19, que assegura aos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias o piso salarial, obedecido o seguinte escalonamento: a) R$ 1.250,00 (mil duzentos e cinquenta reais) em 1º de janeiro de 2019; b) R$ 1.400,00 (mil e quatrocentos reais) em 1º de janeiro de 2020; c) R$ 1.550,00 (mil quinhentos e cinquenta reais) em 1º de janeiro de 2021. Os recursos para o pagamento do piso é repassado mensalmente pelo Ministério da Saúde.

O cumprimento da Lei do Piso da categoria era uma das demandas da pauta da campanha salarial de 2020 do Sindiserve Glória. O processo de negociação da direção do sindicato com a Prefeitura foi intermediado pelo secretário municipal de Saúde, Terino Lima.

A luta do Sindiserve continua para que a Prefeitura pague as diferenças retroativas do valor do piso não pago à categoria na data base correta, estabelecida na lei.

#SouForte
#SouSindiserve

View this post on Instagram

Prefeitura de Glória atende pedido do Sindiserve e paga piso dos agentes de combate às endemias O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Nossa Senhora da Glória (Sindiserve Glória) reivindicou o pagamento do piso salarial dos agentes de combate às endemias. O pedido foi atendido pelo prefeito Chico do Correio, na última quinta-feira (3), que sancionou a Lei Municipal nº 1072, regulamentando o piso nacional da categoria no valor R$ 1.400,00 reais. Os agentes de combate às endemias desenvolvem um serviço essencial à comunidade, na prevenção e combate às doenças epidemiológicas, a exemplo do combate à dengue. O piso salarial desses servidores é um direito regulamentado pela Lei Federal nº 13.708/19, que assegura aos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias o piso salarial, obedecido o seguinte escalonamento: a) R$ 1.250,00 (mil duzentos e cinquenta reais) em 1º de janeiro de 2019; b) R$ 1.400,00 (mil e quatrocentos reais) em 1º de janeiro de 2020; c) R$ 1.550,00 (mil quinhentos e cinquenta reais) em 1º de janeiro de 2021. Os recursos para o pagamento do piso é repassado mensalmente pelo Ministério da Saúde. O cumprimento da Lei do Piso da categoria era uma das demandas da pauta da campanha salarial de 2020 do Sindiserve Glória. O processo de negociação da direção do sindicato com a Prefeitura foi intermediado pelo secretário municipal de Saúde, Terino Lima. A luta do Sindiserve continua para que a Prefeitura pague as diferenças retroativas do valor do piso não pago à categoria na data base correta, estabelecida na lei.

A post shared by Sindiserve Glória (@sindiservegloria) on

Por: Redação Mais Sertão
Portal de notícias fundado em 2015 a partir do até então 'Portal Mais Glória'. Somos coordenados por uma equipe de jornalistas comprometidos com a imparcialidade e exibição de notícias em tempo real.
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!