Prefeito decretará situação de emergência financeira em Canindé


- 26 de abril de 2016 | - 9:32 - - Home » » » »

O prefeito de Canindé do São Francisco, Heleno Silva (PRB), vai decretar, até sexta-feira (29) Situação de Emergência Financeira em seu município. Heleno diz que Canindé não tem recursos para manter a Prefeitura servindo à população, pela queda de arrecadação de R$ 1,5 milhão no ICMS e de R$ 6 milhões no Fundo de Participação Municipal (FPM).

caninde_operacao_01_maissertao

Foto: Google Street View

Heleno Silva diz ainda que o que arrecada mal dá para pagar a folha e o município precisa de recursos para abastecimento de água para os produtores rurais, transportes para estudantes universitários, além de dinheiro para ajudar um grande número de pessoas que migra de cidades de Alagoas e Pernambuco e se acomodam em Canindé.

Junte-se a isso o pagamento de energia elétrica, limpeza pública, manutenção das escolas e toda a estrutura da cidade. O prefeito prevê a arrecadação de abril como a pior da história nesses últimos dez anos e culpa salários altos de alguns servidores, a seca insolente e a questão da queda dos royalties eletricidade.

Heleno Silva disse que o Governo Federal repassa atrasado os recursos da Saúde, há quatro anos que o Estado não manda dinheiro para o Hospital Regional e que o Fundebe não dá para pagar os salários dos professores: “Canindé precisa passar por uma reestruturação político administrativa para retomar um ritmo mínimo de crescimento”.

O prefeito admite que no aspecto turístico a cidade vai bem, porque a atividade não depende de recursos públicos e é mantida pela iniciativa privada e lamenta que a crise econômica tenha provocado essa queda brusca e extensa na arrecadação, o que reduz drasticamente o trabalho da Prefeitura junto à comunidade.

Fonte: FaxAju

 

Por: Daniel Rezende
Estudante de Comunicação Social - Jornalismo; Habilitado como Jornalista com DRT/SE 2.049; Sócio e Repórter do Mais Sertão; Apresentador e Repórter da Xodó FM.
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!