Populares clamam retorno da sede da Caatinga para o Pov. Vaca Serrada em Porto da Folha


- 21 de agosto de 2015 | - 12:07 - - Home » »

Após a sede do Pelotão Especial de Policiamento em Área de Caatinga (PEPAC) ser transferida do Povoado Vaca Serrada em Porto da Folha para a Nossa Senhora da Glória, tem sido motivo de grandes debates e opiniões diversas. Neste momento está acontecendo uma manifestação no povoado em prol do retorno da sede para antiga localidade. Mais de 200 veículos encontra-se parados aguardando a liberação da Rodovia Rota do Sertão que foi fechada pelos os manifestantes.

Foto: Cledyr Lemos

Foto: Cledyr Lemos

Foi exigido pelos integrantes do ato, a presença  do Secretário de Segurança Pública do Estado, Mendonça Prado ou o governador em exercício Belivaldo Chagas para dá um posicionamento sobre a situação e assim liberar a rodovia. De acordo com moradores da região, o maior motivo pela volta da Caatinga é a falta de segurança.

Foto: Cledyr Lemos

Foto: Cledyr Lemos

Entenda o caso

A falta de estrutura ofertada no antigo posto e o impasse entre permanecer no Povoado Vaca Serrada (Porto Da Folha) ou se mudar pra Nossa Senhora da Glória, policiais da Caatinga motivou a transferência o Pelotão para Glória. A mudança ocorreu no dia 05 de agosto.

A precariedade ofertada na antiga sede e falta de estrutura, segundo os policiais motivaram a procurar o prefeito de Glória, que se colocou à disposição e, após a aprovação na Câmara de Vereadores, doou o antigo espaço da Secretária Municipal de Educação.

Após toda essa mudança provocou uma grande insatisfação ao Prefeito de Poço Redondo, Roberto Araújo, Roberto Araújo, que enviou um áudio nos grupos do aplicativo Whatsapp, pedindo que o governador contornasse a situação “Sou aliado desse governo, mas não posso ver uma situação dessas e ficar calado. Governador Jackson, pelo amor de Deus, analise que o melhor local é na Vaca Serrada” reclamou o prefeito.

O pelotão do PEPAC surgiu através da Portaria nº 231/2008-GCG em 16 de maio de 2008, com o objetivo de combater os ilícitos penais que assolavam a população residente no sertão sergipano, e está subordinado diretamente ao Comando de Policiamento Militar do Interior (CPMI). A função de Comandante do Pelotão de Caatinga é privativa de Oficial pertencente aos quadros da Polícia Militar do Estado de Sergipe.

Inicialmente a unidade fora criada com um efetivo policial composto por 20 policiais militares, após os mesmos terem concluído o Curso de Operações Policiais em Área de Caatinga (COPAC). Atualmente a equipe conta com efetivo de 60 policiais, a fim de cumprir sua missão constitucional.

Da Redação Mais Sertão, Mateus Santos.

 

Por: Mateus Santos
Atualmente na redação do Portal Mais Sertão de Nossa Senhora da Glória. Natural de Itabaiana, apaixonado por tecnologia, mídias e redes sociais.
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!