Postado em Flagras» Monte Alegre» Slide» Vídeos - 3 de setembro de 2015 - 6:30 - Sem Comentários

POLÊMICA: Montealegrense é flagrada maltratando criança em vídeo

Um vídeo contendo imagens de uma montealegrense maltratando uma criança que supostamente seria sua filha foi amplamente divulgado nas redes sociais durante a noite da última quarta, 02, através de moradores do Alto Sertão Sergipano. O vídeo, com duração de 02min07seg, mostra a mulher segurando uma criança em crise de choro e forçando-a a ficar em pé por algum tempo com vários xingamentos. A publicação gerou revolta nos internautas que republicavam o vídeo nas diversas mídias.

A filmagem  é iniciada com a mulher proferindo palavrões contra o menina, que chora continuamente enquanto é puxada do colo da mãe e colocado em pé de forma forçada. Enquanto o vídeo era filmado, outras pessoas que acompanhavam a cena exclamavam frases de protesto. Uma delas chega a afirmar que a criança “já está roxa” e que ela “vai matar a menina”. Irritada, a mulher, que é chamada no vídeo pelo prenome “Nayara”, rebate dizendo “Fica roxa! Não morre não, né?” e ainda continua de forma raivosa “Mata não! Mata não! É pra deixar de ser ruim”. Quando a agressividade aparenta estar chegando ao fim, Nayara coloca o bebê no colo novamente, fala “Senta aqui! Senta aqui! Cê é besta?” e, de forma abrupta, coloca a menina na cama e ameaça sufocá-lo com o travesseiro.

Durante as cenas é possível ver, além das autoras das vozes que vazam na gravação, duas outras crianças, as quais assistem atônitas às cenas e ainda tentam ajudar a criança. Uma delas até mesmo insinua segurá-lo para não forçar ainda mais as pernas enquanto vinha sido mantido em pé pela mulher.

O conteúdo se espalhou principalmente no aplicativo Whatsapp, onde rapidamente a população iniciou uma série de repúdios e demonstrações de indignação contra a atitude filmada em Monte Alegre de Sergipe. Alguns conhecidos da mãe ainda afirmaram que a mulher nunca demonstrou ter condições de educar a criança.

O Conselho Tutelar de Monte Alegre ainda não publicou nenhuma informação a respeito do caso, mas o Portal Mais Sertão coloca-se a disposição para publicar qualquer resposta que o órgão queira divulgar através deste portal.

Por: Daniel Rezende
Estudante de Comunicação Social - Jornalismo; Habilitado como Jornalista com DRT/SE 2.049; Sócio e Repórter do Mais Sertão; Apresentador e Repórter da Xodó FM.
Enium Interativa Criação de sites

Deixe seu comentário!