A deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) chamou a atenção para a baixa adesão à vacina contra a Influenza, doença viral, cujos sintomas são semelhantes aos da Covid. A informação é da própria Secretaria estadual da Saúde que, também, demonstrou preocupação com a baixa procura, sobretudo, por ser destinada a públicos prioritários como profissionais da saúde, gestantes, puérperas, indígenas e crianças de zero a seis anos de idade.

“É um percentual muito baixo. Isso muito nos preocupa, pois estamos vivendo um tempo de pandemia com pessoas morrendo diariamente”, disse Maria, ao participar remotamente da sessão plenária desta terça-feira. Ela lembrou que hoje começa a segunda fase da vacina, tendo pessoas acima de 60 anos e professores como públicos prioritários. “Os profissionais da saúde, gestantes, as mamães que estão de resguardo e etc. que deveriam ter sido imunizados na primeira fase e não foram, dirijam-se o quanto antes a uma unidade de saúde”, apelou.   

Para Maria Mendonça, é preciso que cada um faça a sua parte. “Na hora em que cada um cumprir o papel que lhe cabe, tenho certeza que nós vamos mudar esse cenário desolador e triste em que nos encontramos. Para contornar essa situação, todos nós precisamos nos unir”, ressaltou a parlamentar.