Enquanto o presidente estava entre as ferragens, vereadores já articulavam nova eleição, desabafa irmão de Adilson Galindo


- 5 de agosto de 2021 | - 8:28 - - Home » » »

Na manhã do dia 22 de julho, o presidente da Câmara de Vereadores de Canindé de São Francisco, Adilson Galindo (PT), morreu vítima de acidente de trânsito, aos 57 anos. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 4h30, na BR-316. A verificação preliminar indica que o condutor perdeu o controle do veículo.

Em ofício encaminhado à presidência da Câmara de Vereadores do Município de Canindé de São Francisco, o secretário geral da casa legislativa e irmão do ex-presidente, Milton Galindo, afirmou não se sentir confortável em continuar no cargo da casa legislativa, por questões de ordem pessoal e emocional.

No documento, Milton relata atitudes de alguns vereadores, que segundo ele, são hipócritas e desumanas, não respeitando o luto do legislativo municipal e a dor dos familiares naquele momento, realizando movimentações para a realização da eleição para presidência do parlamento municipal no mesmo dia da morte do seu irmão.

O desabafo se estende à denúncia de que tais articulações criaram situações inexistentes no ordenamento jurídico, ou seja, houve descumprimento da legislação para que ocorresse o processo interno de eleição, e acusa esse grupo de parlamentares de querer assumir o poder a todo custo.

Ele ainda relatou que no dia 22 de julho, data em que ocorreu o acidente, enquanto o corpo do ex-presidente estava nas ferragens, alguns vereadores do município já estavam ligando um para o outro já fazendo campanha para a presidência da casa. Ao final do ofício ele coloca o cargo a disposição.

por Hora News 

Por: Redação Mais Sertão
Portal de notícias fundado em 2015 a partir do até então 'Portal Mais Glória'. Somos coordenados por uma equipe de jornalistas comprometidos com a imparcialidade e exibição de notícias em tempo real.
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!