Postado em Cidades» Plantão» Slide» Variedade - 19 de junho de 2018 - 9:16 - Sem Comentários

Alimentos funcionais no tratamento do câncer 

Alimentos funcionais, são aqueles que, além de suas propriedades nutricionais básicas, promovem algum benefício metabólico/fisiológico ao corpo. Não devendo ser utilizados isoladamente, mas dentro de um planejamento dietético elaborado pelo seu nutricionista. É claro que praticamente todos os alimentos têm alguma contribuição para a saúde humana, em virtude de milhares de fitoquímicos naturais, logo, não se deve “endeusar” os alimentos funcionais, pois todos são importantes. Servem para potencializar algum resultado pré estabelecido pelo paciente ou pelo nutricionista e devem ser utilizados de acordo com suas necessidades, ou seja, nem todos que citarei aqui devem ser usados de imediato, pois apenas em consulta é possível mensurar quais podem ou não serem encaixados na sua dieta.

Brócolis e brotos de brócolis: Rico em sulforafano, fitoquímico associado ao combate ao câncer.

Uvas: Contém boa quantidade de resveratrol, fitoquímico que protege contra o câncer, através da inibição do crescimento celular e limitação da inflamação e formação de coágulos.
Cacau/ Chocolate amargo: Protege contra oxidação, através de flavonóides, reduzindo a probabilidade de desenvolver coágulos na corrente sanguínea.

Uma maçã ao dia: Também rica em flavonóides, contribui no combate ao câncer de pulmão.

Morangos: Ricos em ácido elágico, pode contribuir no combate a alguns tipos de câncer.

Tomate: Por possuir bastante licopeno, protege o DNA de danos oxidativos, podendo inibir alguns tipos de câncer.
Espinafres e outras hortaliças coloridas: Contém zeaxantina, luteína e carotenoides, auxiliam na proteção dos olhos contra a degeneração muscular.
Soja: Pode inibir o crescimento tumoral, além de reduzir o colesterol LDL do sangue, protegendo as artérias cardíacas.
Frutas cítricas: Contém monoterpenos que podem inibir o crescimento de tumores.

Linhaça: Ameniza o crescimento tumoral através de lignanos.

Alho: Abundante em organossulfurados, pode reduzir o colesterol LDL e proteger contra o câncer de estômago.
Chá preto: Rico em flavonóides, protege contra doenças cardíacas.

É importante frisar que, a relação entre esses alimentos e a prevenção ou controle de alguns tipos de câncer ainda não são definitivas, ou seja, não é possível afirmar que utilizandoos você não desenvolverá a doença, pois a causa do câncer é multifatorial e em alguns casos, ainda sem explicação.

O que se sabe de fato até o momento é que a alimentação saudável é um fator preventivo, ao passo que uma alimentação ruim é um fator de risco. Diante disso, o recomendado é que você mantenha uma alimentação equilibrada, longe de excessos e alimentos ultraprocessados, no mais, procure um nutricionista e saiba como alinhar os alimentos funcionais em uma dieta exclusivamente sua.

 

Por: Tati Ferreira 

Montealegrense, graduanda em nutrição (AGES), integrante do grupo de pesquisa interdisciplinar em saúde (GEPISA), líder na pastoral da criança, instituição de ação social da CNBB, voltada para o acompanhamento e orientação de famílias no que diz respeito a ações básicas de saúde, educação, nutrição e cidadania. Escritora desde o ensino médio, tem textos publicados na seleta do 4° encontro sergipano de escritores, 2° encontro de escritores canindeenses e convidados, 1° e 2° encontro dos escritores montealegrenses, entre outras obras reconhecidas. Tem interesse especial em neonatologia e neuronutrição, está sempre aberta para diálogos que agreguem conhecimento dentro da sua futura profissão e fora dela.

E-mail:
[email protected]; Instagram: _tatinutri

Por: Redação Mais Sertão
Portal de notícias fundado em 2015 a partir do até então 'Portal Mais Glória'. Somos coordenados por uma equipe de jornalistas comprometidos com a imparcialidade e exibição de notícias em tempo real.
Enium Criação de Sites

Deixe seu comentário!